5 de maio de 2013

Rebel Paradise - 2ª Temp - Capítulo 14 - "Velhos Amigos"


Olá, rebel angels!
Eu vou confessar, fiquei triste no capítulo anterior de Rebel Paradise...Porque vocês não comentam? Sério, isso me desanima totalmente não só com a história, mas, com o blog em sí também, então, por favor, comentem, ok? Nem que seja um "tô lendo" ou, sei lá, até me xinguem, mas, comentem!
Ah, mais uma coisa: como eu estou ficando muito sem tempo e eu tenho outros dois blogs e mais uma história para postar, eu vou postar Rebel Paradise semana sim, semana não, revesando com The Girl of Cutting, ok? 
Vamos logo ao capítulo!

Rebel Paradise 
2ª Temporada - Capítulo 14
"Velhos Amigos"

Lessie voltou para o apartamento de Nick, pensando se ter contado tudo para Anne foi realmente o certo a se feito pela milésima vez, embora ela tivesse certeza de que fez o que tinha que fazer e de que mais cedo ou mais tarde Anne saberia da verdade, a guardiã tinha medo de que complicasse a vida de Anne, que ainda era muito jovem, tinha medo de complicar mais ainda sua própria vida...Ela tinha que proteger o colar acima de tudo, talvez agora tivesse que proteger Anne, onde ficava sua própria segurança nesse jogo?

Lessie estremeceu, tentando não pensar nisso e pousou suavemente na sacada do quarto de Nick, que agora também era seu quarto e adentrou-o, sabendo que provavelmente Nick deveria estar muito preocupada com ela.

- Lessie! Onde você estava? - Nick perguntou, abraçando a guardiã subitamente, e beijando de forma suave e tranquila os lábios levemente rosados de Lessie -

- Eu estava falando com a Anne...Sei que deveria ter avisado, mas, eu saí da escola tão brava que acabei não pensando em mais nada...

- Tudo bem, o importante é que agora você está aqui, certo? - Lessie assentiu - Mas, porque você não voltou para a sala? Vai dizer que a diretora te expulsou?

- Não, não foi nada disso, ela não me expulsou, nem me suspendeu ou algo do tipo...É que mesmo morta a Rachel consegue ser mais venenosa do que uma cobra. - Lessie vociferou, entre dentes -

- O que ela fez?

- Nada de mais...Não na minha opinião ao mesmo, já que isso não importa, mas, a nossa querida professora falecida disse para a diretora e para a minha “mãe” que eu uso e vendo drogas, legal, não é? E com isso, a diretora acabou fazendo uma grande ameaça e, provavelmente, quando eu voltar a falar com a minha “mãe”, se isso por acaso acontecer eu vou  levar mais do que uma bronca, e isso não vai ser nada divertido.

- Imagino o quanto aquele raio deve ter sido doloroso, mas, acho que depois de descobrir que ela fez isso cheguei a conclusão de que ela merecia mais. - Nick encarava Lessie, de forma que sua expressão mostrava claramente a raiva que sentia de Rachel, mesmo ela estando morta. O que Nick sentia era uma raiva incessante e incontrolável, mesmo não tendo um motivo pessoal para isso. Rachel estava fazendo tudo aquilo para prejudicar Lessie, tudo isso para ter o que queria: O colar, o poder. Nick sentia raiva por não poder proteger Lessie por completo, por não poder ter momentos de paz com ela, por saber que sua namorada corria perigo a cada segundo -

- Tudo bem...Ela já está morta agora, e mesmo podendo me prejudicar um pouco pelo o que ela fez antes de morrer, não é uma ameaça direta, até mesmo porque eu não devo satisfação alguma á minha “mãe” ou a diretora, e o único motivo por estarmos indo a aquela escola é  para descobrir quem é o infiltrado, então, isso não me prejudica de verdade...Bom, em certo ponto sim, mas, nada que realmente possa comprometer muito as coisas. Não se preocupe, Nick, vai ficar tudo bem... - Lessie beijou os lábios de Nick, primeiro suavemente, e depois de forma mais selvagem e poderosa, suas línguas se encostavam, embebedando-se em êxtase, seus corpos, se atraiam feito imãs, as mãos de Nick delineavam suavemente as curvas de Lessie, que estremecia a cada toque, a guardiã passava suas mãos por baixo da camisa do anjo, tocando seu abdômen forte e definido; era uma pena que isso não podia durar para sempre, era uma pena que a guardiã não pudesse acreditar em suas próprias palavras quando dizia que tudo ia ficar bem...

- Sim, tudo vai ficar bem...Você vai ficar bem, eu prometo. - Nick sussurrou, tirando os lábios de Lessie dos seus - Mas, agora eu quero saber...Você disse que estava com a Anne, você contou tudo para ela?

- Sim... - Lessie disse, quase em um sussurro, se recuperando do beijo - Eu disse tudo, mas, não sei se deveria ter feito isso, embora ela fosse saber de tudo mais cedo ou mais tarde...

- Você fez o certo, Lessie. Quer ajudá-la, não quer? Você não pode ajudá-la se ela mesma não quiser se ajudar, se ela mesma não souber do que isso se trata, e eu vou te ajudar, Lessie, você não vai fazer isso sozinha, e eu tenho certeza de que o Alex, a Renée e a Karly também vão te ajudar... - Lessie sorriu, percebendo o quanto Nick a apoiava -

- Obrigada, Nick.


Depois de alguns minutos na cama, sendo acariciada por Nick, a guardiã finalmente se rendeu ao sono, depois de um dia tão agitado, com tantos pensamentos conturbados ela precisava mesmo descansar. Mal sabia ela que isso era só o começo, que aquilo não era nada comparado á todo o resto que ela teria que passar em sua vida de guardiã, mas, enquanto isso, tudo que ela tinha que fazer era descansar por sonos suaves e belos, já que os pesadelos estavam aguardando-a na vida real.

* * *

No dia seguinte, na escola, todos olhavam estranho para Lessie, mais um sinal de que o veneno de Rachel havia surtido efeito, o que não era nem um pouco bom para a vida da guardiã, que simplesmente ignorou tudo. Aquilo era apenas a vida humana, nada comparado a sua vida celestial, que era algo que nenhum daqueles adolescentes ali entenderiam; Lessie poderia ligar para algo assim antes, antes de se tornar a guardiã, antes de ter enfrentado Karly em uma batalha quase mortal, antes de ganhar suas asas, antes de perceber qual era realmente o verdadeiro motivo de sua existência, mas, agora aquilo não passava de apenas um mero detalhe a ser ignorado, um mero detalhe, que por sinal era falso, então, porque ela deveria ligar? Tinha Nick, Renée, Karly e Alex ao seu lado, tinha algo muito mais importante e decisivo a fazer, então ela apenas ignorou.

Durante as aulas, até mesmo os professores estavam com um pouco de receio de Lessie, o que não era totalmente ruim, já que ela poderia sair a qualquer hora da aula sem nenhuma consequência caso precisasse resolver algo do mundo celestial, porém, mesmo assim, ela ainda não gostava de ter a atenção toda voltada para ela, até mesmo porque isso já bastava no mundo celestial, onde ela era o centro das atenções, não como algo bom, mas, sim como um alvo.

Enquanto Lessie caminhava tranquilamente pelos corredores da escola, indo em direção á sala de sua próxima aula, algo ruim aconteceu, um aluno a parou. Um aluno consideravelmente estranho.

- Olá, Lessie, como vão as coisas? - Lessie estava desconfiada, todos estavam um tanto assustados com a presença dela, era estranho alguém começar a falar com ela assim, do nada, principalmente alguém que ela nem conhecia -

- Ótimas...Mas, se você me da licença, eu tenho aula, e eu nem te conheço.

- Lessie, você não está lembrada? É claro que nos conhecemos...Na verdade, faz tanto tempo... - os olhos do garoto desconhecido de repente ficaram vermelhos, e a guardiã logo percebeu quem era. -

- Vasti. - Lessie disse, sem expressão -

- Que bom que você se lembra de mim, anjo.

- O que você quer? - a guardiã estava sendo fria -

- Porque eu deveria querer algo? Não posso simplesmente falar com a minha nephilim favorita?

- Poderia, se você não fosse você. Afinal, de que lado você está agora?

- Ainda do seu, anjo...

- Prove.

- Eu só posso provar isso com o tempo, Lessie...Mas, acredite em mim, eu ainda estou do seu lado, não quero que ninguém pegue o colar, todo o universo sobre o domínio das outras dimensões pode ser perigoso, e digamos que ninguém é muito amigo de espíritos como eu nas outras dimensões.

- Quando você vai deixar de mudar de lado só por puro interesse, Vasti?

- Nunca, anjo, nunca...Apenas tome cuidado em quem você confia, eu ainda não sei quem é o infiltrado por aqui, assim como você e seus amiguinhos não sabem, mas, estou prestes a descobrir...

- Ótimo. - Lessie suspirou - Quer que eu confie em você? Descubra quem é o infiltrado, me conte e destrua-o, ou você nunca terá minha confiança.

- Que guardiã exigente...

- É sério, Vasti.

- Eu sei, e eu o farei, anjo... - Vasti fez uma reverência a Lessie, que finalmente foi para sua aula-

- - - 
Esse pode não ter sido o capítulo mais emocionante do mundo, mas, acreditem, ele foi necessário! Prometo um próximo capítulo maior e com mais emoções, mas, só se eu tiver comentários, ok?
OU SEJA: COMENTEM LOGO ESSA DROGA, ANTES QUE EU ARRUME UMA ARMA E AMEACE VOCÊS DE VERDADE, CHEGA DE PREGUIÇA!
Sim, eu sou uma pessoa adorável, eu sei...
Kisses & Cupcakes'
*xoxo*
Faty'
S2

6 comentários:

  1. Super curiosa para saber quem é o infiltrado, mas não vai acontecer cenas quentes entre o Nick e a Lessie não?

    ResponderExcluir
  2. Flor é você quem escreve?

    http://princesasmaquiada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião.